Heróis no Cinema – O Espetacular Homem-Aranha

Ao adentrar na sala de cinema eu pensei: Será possível que esse filme vai ser bom? Duvidava disso a cada segundo, por vários motivos. Assisti ao filme e sai da sala com cara de: Nossa, ESPETACULAR! Resumo

Peter Parker, um jovem tímido e nerd, passa seus dias tentando desvender o mistério de seu próprio passado e ganhar o coração de sua paixão da escola, Gwen Stacy. Peter descobre uma misteriosa maleta pertencente a seu pai, que o abandonou quando era criança, levando-o ao antigo colega de seu pai, Dr. Curt Connors. A descoberta do segredo de seu pai fará com que se molde de uma vez por todas seu destino de se tornar o “Homem-Aranha”, e o colocará em rota de colisão contra o maligno alter-ego de Connors, o Lagarto.

Melhor casal de adaptação de HQ’s até o momento.

Direção, Roteiro e Elenco

Não posso falar por outros trabalhos do Marc Webb, mas ele fez um otimo trabalho ao recriar o universo do cabeça de teia. A duração das cenas de ação, o tom sarcástico que é uma marca do herói, a escolha de Gwen Stacy para ser o par romântico, tudo foi muito bem casado e bem amarrado. Junto a isso temos um roteiro que deixa varias lacunas para serem preenchidas nos próximos filmes da trilogia, o que me deixou com muita vontade de ver os próximos. particularmente, gosto de franquias com esse tipo de recurso, onde cada filme é uma parte do quebra cabeças. O elenco é formidavel, sai o Tobey Maguire com aquela cara de emo chorão e entra o Andrew Garfield que encarnou de forma quase fiel o Peter Parker das HQ’s. Temos a linda Emma Stone foi a melhor escolha para o papel de Gwen Stacy, e que bom que não colocaram a Marie Jane, nada contra a personagem, mas se vamos falar de origens vamos falar direito. A Emma esta muito bem no filme e faz um belo par com o Andrew, química perfeita. O Lagarto é que ficou meio sem vida. Não falo dos efeitos especiais que foram muito bons, mas o ator escolhido,  Rhys Ifans, não conseguiu captar a essência do Dr. Curt Connors. Ficou apático e sem vida, espero que melhorem no próximo ator a viver um vilão.

Podiam ter escolhido um ator melhor para viver o Dr. Curt Connors

Impressões Gerais

O filme começa mostrando uma coisa que nunca foi muito trabalhada nos quadrinhos: os pais de Peter, Richard e Mary Parker. O Dr. Richard trabalhava junto com o Dr. Connors em um projeto de cruzamento de especies para encontrar cura de doenças. Este plot para os pais do Peter me deixou com medo no inicio, mas depois de ver como as coisas se desenrolaram percebi que,além de necessario para a trama, foi muito bem feito. A morte deles ficou sem uma explicação aprofundada, mas que certamente será esclarecida nos próximos filmes.

Peter é um nerd atormentado pelo bad boy da escola, Flash Thompson e ama a bela Gwen Stacy em segredo. Em uma faxina no porão de casa ele encontra uma pasta de documentos que pertenceu a seu pai. Lá dentro ele acha vários objetos e alguns documentos que falam sobre os projetos que seu pai desenvolvia com o Dr. Connors. Ele então decide procurar o Dr. para saber um pouco mais sobre seu pai. E vamos levar picada de aranha modificada. A surpresa dessa vez fica pela excelente ideia de usar a inteligencia de Peter para criar os lançadores de teia e não aquela ideia bizarra da primeira trilogia. O relacionamento do dele com a Gwen é outro ponto forte do filme.

Ela daria uma ótima enfermeira.

Os dois atores tem uma química que não rolava entre o Tobey e a Kirsten, o que leva a qualidade das cenas protagonizadas por eles a um nivel muito superior. O romance dos dois é simples e sem muita pieguice, os dois se gostam e ponto. Não há triagulo amoroso e nem empecilhos ao relacionemento dos dois, a não ser a divergencia de ideias entre e Peter e o Cap. Stacy, pai de Gwen. Mas isso não impede o namoro dos deles e o pai dela não interfere nas escolhas da filha.

O Dr. Curt Connors continuou a pesquisa sobre cruzamento de especies depois da morte do seu parceiro de laboratório, Richard Parker, e conseguiu grandes evoluções para a medicina. Mas seu grande sonho ainda não tinha se realizado, pois Richard levara a ultima parte de um quebra cabeças genético para o tumulo, ou não. O Rhys Ifans pode até ser um bom ator (não acompanho a carreira dele) mas nesse filme ele não foi muito feliz. O Dr. Connors tem uma personalidade forte e ele não consegue passar isso, parece mais um doente terminal do que um cientista que esta buscando uma forma de ter o braço de volta. Outra questão que me deixou triste no personagem foi a falta da esposa e do filho dele. Nos quadrinhos, são eles que dão um toque humano ao Lagarto.

Conclusão

The Amazing Spider-Man (O Espetacular Homem-Aranha) é um ótimo filme, com boas adaptações e um elenco de primeira. O roteiro não deixa a desejar se comparado a outras ótimas adaptações como The Avengers e Batman – The Dark Knight. A historia tem começo, meio e fim, e ainda deixa varias pontas para as sequencias juntarem. Enfim, um excelente filme.

Em breve eu atualizo o post com o Vídeo.

Anúncios

8 comentários em “Heróis no Cinema – O Espetacular Homem-Aranha

  1. Ótimo post, ainda não vi o filme, mas vou ver em breve!
    SUPER HERO TAISEN TÁ FICANDO SHOW HEIM!
    Parabéns ae Azrael ^^

  2. Assisti o filme esses dias e concordo sobre o Dr. Connors, poderia ter sido um ator melhor. E se ele tivesse familia como no HQ o personagem poderia ter saido um pouco mais “rico”.

  3. Eu tenho um sério problema com filmes que usam a desculpa de que se está fazendo uma trilogia para deixar pontas soltas.
    Pra mim o nome disso é preguiça.
    Os pais do Peter são esquecidos pelo filme assim que o Lagarto aparece.
    O indiano, empregado do Osborn, some depois da cena da ponte sem explicação.
    A morte do tio Ben é esquecida 2 minutos depois de acontecer, com montagem alegre e trilha sonora empolgante. Pra se ter uma ideia [tentando não dar spoiler], a morte no fim do filme tem mais peso do que a do tio Ben (afinal, tem funeral com chuva, envolve a tristeza do interesse romântico, promessinha que vai ser quebrada – o que, aliás, QUEBRA o peso da morte, afinal, se nem pra isso serviu, pra que mais serviu?).
    No fim das contas, que lição o Peter aprendeu? Nesse universo não existe “Com grandes poderes…”. O Peter vira herói não por culpa, e sim por vingança.

    Mas tá tudo bem, nada precisa ser explicado, já que vão haver mais dois…

    Pra mim é preguiça.

    Fora todas as coincidências convenientes (a estudante de ensino médio é uma estagiária de uma empresa que trabalha até pro exército e tem acesso até a antídotos e pode entrar no prédio quando não tem ninguém? MESMO?) e as tentativas de emular a cena do trem em HA2, com o menino na ponte e a maldita cena das GRUAS no final.

    Vale pelas boas lutas e pelo visual noturno-colorido (eu curti, inclusive o uniforme… só o Lagarto que é sem graça, em todos os sentidos)

  4. Apesar de alguns problemas comuns de filmes de hollywood, eu saí bem impressionado do cinema, então concordo com boa parte da crítica do Azrael. Pra mim, esse foi o melhor filme do homem-aranha que já saiu nos cinemas até hoje (apesar de ganhar por pouco do homem-aranha 2 do raimi na minha opinião).

  5. Eu como fãs das HQ’s do aracnídeo fui com a esperança de ver um filme ESPETACULAR, e acabei saindo com uma cara de taxo. Simplesmente achei um filme muito mal escrito, um Peter Parker Geek (Não sei se é assim que se escreve.)e menos nerd, se me falaram que aquilo que ele fez foi uma amostra de inteligência, desvendando a fórmula do Lagarto, o Peter não anda de Skate o que era aquilo? Lagarto fazendo poção na sala? Que merda foi aquela? Como nosso amigo Kitsune achei que a morte do Tio Ben totalmente descartada, o Peter sempre tomou como exemplo seu Tio mas que seus próprios pais, além da morte do Capt. Stacy ter sido muito, mas muito mal feita mas traumatizada que a morte do Tio Ben.

    Puta merda outra coisa desnecessária é a história dos pais, pra que falar deles? Nas HQ’s nunca citaram os pais deles, na saga Ultimate pode até ter uma ligação com o Venom, mas, nada em relação a criação do Homem-Aranha no filme deu a entender que o nosso amigão da vizinhança não foi um mero acidente, para vai! O Homem-Aranha foi algo acidental, nada a ver com os pais ou algo do tipo. As cenas de ação é difícil errar, efeitos especiais algo normal para a tecnologia atual.

    Bem só isso, continue com o trabalho duro Azrael espero os vídeos logo hein. Minhas considerações finais é torcer para que o filme não arrecade dinheiro (Até parece!), que os direitos autorais voltem para a Marvel e assim um novo reebot para ver o aracnídeo num próximo filme dos Vingadores, é um sonho sim, porém mas não custa sonhar.

    • Não vejo em momento nenhum do filme a parte que você fala de não ter sido acidente. O filme deixa muito claro que aquilo foi um acidente, ele não pediu para ser picado e ninguém obrigou ele a ingerir uma formula de aranha modificada.
      Sobre o Tio Ben eu concordo que faltou a frase de impacto do herói, mas isso não diminuiu a qualidade do filme.

      • Deu a entender que foi um acidente, não disse que foi, porque os pais estavam trabalhando na aranha e tal, mas ainda assim achei o filme uma merda completa acho que só não foi pior que o 3 porque o 3 foi uma merda em um monte de bosta.

        A solução dele de vencer o Lagarto foi ridículo.

  6. Este filme não é muito bom não, mas é bom o suficiente sem duvida, melhor inclusive que o H-A 3 que tirou muito do brilho da primeira trilogia, quem cresceu nos anos 80 e 90 que se comemorava quando passavam telefilmes do Hulk que eram horrorosos, não vou ser um ingrato e desdenhar este filme que é melhor que muita coisa (Hulk do Ang Lee, Demolidor, Elektra, os 3 Justiceiros apesar de eu gostar do Justiceiro do Thomas Jane ele é inferior, Aço e todos os outros telefilmes de todos os tempos como Geração X e A Liga da Justiça, o pior de todos de longe, O Juiz, os Batmans do Joel Schumacher os Motouqiros-Fantasmas apesar do segundo ser legalzim… X-men, X3 e Origens Wolverine… os 2 quartetos, enfim, tem muita coisa ruim que este Homem-Aranha até fica bom, não é perfeito, tá longe de ser um Homem-Aranha perfeito (nem o da primeira trilogia conseguiu este feito ao suprimir a Gwen na origem entre muitas outras adaptações).

    Um dia ainda espero ver um homem-aranha que realmente faça jus, mas por hora, até este ai tá de bom tamanho, pra quem se satisfazia com o do seriado! 😀

    Mas estes 5 aqui são Homens-Aranha melhores:

    5º Homem-Aranha Turco (vilão)

    4º Homem-Aranha Tosco (mais que os outros) O sujeito que fez isto conseguiu o emprego de roteirista da primeira s[erie animada, G-zuz!

    3º The Amazing Supaidāman o japa!

    2º Italian Spiderman

    1º Hombre-Araña

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s